Centro de Mesa Decorativo Algodoeiro
Centro de Mesa Decorativo Algodoeiro Centro de Mesa Decorativo Algodoeiro Centro de Mesa Decorativo Algodoeiro Centro de Mesa Decorativo Algodoeiro Centro de Mesa Decorativo Algodoeiro Centro de Mesa Decorativo Algodoeiro Centro de Mesa Decorativo Algodoeiro
R$ 189,00

Descrição:

Essa peça foi produzida pelos artesãos de comunidades indígenas  colaboradores da instituição Polo Poloprobio, que possui sua sede principal em Castanhal, no Pará. Encauchado de vegetais da Amazônia é o nome da borracha natural produzida em seringais nativos pelos artesãos, a partir da mistura do látex com fibras vegetais como resíduos da indústria do açaí, técnica desenvolvida após muitas pesquisas acadêmicas com colaboração dos saberes indígenas. 

O grande diferencial dessa técnica é o processo artesanal de manuseio do látex. Na prática, o composto base que seria usado na indústria é desidratado naturalmente e se transforma em borracha vegetal  no meio da floresta, com moldes artesanais, sem necessidade de energia elétrica, máquinas ou estufas, ou seja, com uso racional de recursos naturais.

A instituição, hoje conta com vários colaboradores de entre os grupos envolvidos com a  produção dos encauchados estão, os moradores de terras indígenas da Amazônia Legal como, por exemplo, as terras Katukina/kaninawá de Nova Olinda no município de Feijó no Acre, entretanto a sede fica em Castanhal, Pará. Todos os trabalhando para o desenvolvimento de suas técnicas e a disseminação de seu artesanato tão único, a associação tem como foco o fortalecimento dessas comunidades indígenas, é sua produção que mistura ensinamentos da nova tecnologia com aprendizados ancestrais.

* Texto extraído do site da Artesol/ (Artesanato Solidário).

 Detalhes:

  • Feito a mão no Brasil
  • Tamanho: 68cm de comprimento e 58cm de Largura.
  • Material: Látex. 
  • Fair Trade (Comércio justo)

Valores:

  • Sustentável: Encauchado de vegetais da Amazônia é o nome da borracha natural produzida em seringais nativos por comunidades indígenas e de caboclos, a partir da mistura do látex com fibras vegetais como resíduos da indústria do açaí. 
  • Feito à mão: Cada peça é cuidadosamente produzido por um artesão utilizando a técnica de manuseio de látex, um método produzido através de pesquisas acadêmicas e aprendizados indígenas.