Nossos artesãos parceiros transformam a matéria-prima em objetos que trazem beleza para o cotidiano e remontam um legado de valor inestimável que mescla cultura, afeto, memória, arte, ancestralidade, design e identidade.
 
Saiba mais sobre os artesãos com quem trabalhamos lendo as histórias abaixo.

Tintsaba

 

Origem: Suazilândia

Há mais de 30 anos confeccionando produtos carregados de belas histórias, a Tintsaba, empresa localizada na Suazilândia (Sul da África), já  proporcionou, desde a sua fundação, que uma rede de 1 mil mulheres tivessem acesso a  alfabetização e melhores condições de vida, apoiando de forma efetiva o desenvolvimento de cada uma delas por meio de cursos e oficinas, com temas como: liderança, desenvolvimento de habilidades, capacitações, conscientização ambiental e saúde da mulher. Embasada no comércio justo, produz cestas de sisal (fiados manualmente), cada um deles com dedicação de 50 horas de trabalho. Seu carro-chefe é a sustentabilidade, com o menor uso de água e utilização de corantes orgânicos, e está certificada pelo GOTs (Global Organic Textile Standard).

 

Baobab Batik

 

Origem: Suazilândia

A Baobab Batik é um negócio social sediado na Suazilândia, no Sul da África. Desde 1991, o batik (técnica de tingimento para tecidos multicoloridos e transformados em capas de almofadas, roupas e lenços) gera trabalho e renda para 35 mulheres artesãs em período integral. Tudo feito à mão, unindo liderança, inovação e respeito em todos os processos. Socialmente responsável, o grupo acredita na potência do coletivo - reinveste 50% dos lucros na sua rede de artesãs. É membro e fundadora da SWIFT (Swaziland Fair Trade), comprometido com os 10 princípios do Comércio Justo.

Quazi Design

 

Origem: Suazilândia

Sustentabilidade, comércio justo e transformação de vidas são o DNA da Quazi Design, que desde 2009 emprega artesãs com contratos permanentes, salário digno e aprendizado contínuo. Materiais que seriam descartados – como revistas, metal e vidro – transformam-se em bijuterias (colares, brincos e pulseiras) criados a partir de técnicas próprias, priorizando o uso de tintas naturais e colas à base de água. O uso do upcycling é uma realidade utilizada como forma de ressignificação dos materiais já existentes e que antes iriam para o lixo, ganhando vida nova e contribuindo para um planeta mais sustentável. Como resultado temos impacto positivo, segurança e autoestima para transformar vidas, além do sustento de famílias da Suazilândia (Sul da África). Em média cada uma dessas artesãs é responsável pela subsistência de sete pessoas. É membro fundadora da SWIFT (Swaziland Fair Trade).

Gone Rural

 

Origem: Suazilândia

Capacitar mulheres para independência financeira de maneira digna é o propósito da Gone Rural. E está dando certo! Os produtos feitos à mão aumentaram em quatro vezes a renda de 750 mulheres artesãs da Suazilânidia (Sul da África), desde 1992. Membros da WFTO (World Fair Trade Organization), elas transformam materiais naturais e sustentáveis em acessórios para a casa, como cestas, jogos americanos, porta-copos etc. Com atuação socialmente responsável, 30% dos lucros é revertida para projetos de saúde e educação.

One of Each

Origem: África do Sul

Revelar a África para o mundo – esse é o propósito da One of Each – marca de produtos de luxo, com o melhor do design africano contemporâneo. A partir da combinação de camurça, couro e tecidos estampados, nascem as bolsas e clutches repletas de ancestralidade. Os tecidos são criados de forma tradicional, a partir da impressão em cera, procedentes do Zimbábue, Nigéria e Congo. A história está presente também nas estampas, com desenhos que retratam provérbios locais, personalidades, flora e fauna da região. A valorização das tradições e o apoio à economia local estão aliados à distribuição de renda, dando o tom para um comércio mais justo e humanizado.